» Dra Irma González na UNILA, Brasil

» Dra Irma González na Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Brasil

» Visitas em Corrientes

» Leitorado de Buenos Aires em Corrientes

» Leitorado de BA presente nas Jornadas da UNER 2017

» Formação Docente nas Jornadas Internacionais na UNER - Concordia

» Stand de Portugal no Europosgrados

» Portugal presente no Europosgrados

» Jornadas formativas em Córdoba

» Formações na Universidade Nacional de Córdoba

» Formação docente em Córdoba

» Jornadas de Educação e Tradução na Escola Normal Superior em Línguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”

» 12º Festival Internacional de Poesia de Buenos Aires

» Português "low-cost", in Revista LuSofia

» Formação docente em Tucumán

» Mês da Lusofonia em Tucumán

» A festa da Língua Portuguesa no norte argentino

» Dia da Língua Portuguesa assinalado pelo Leitorado de Buenos Aires

» Palestra Influência espanhola no português do Sul do Brasil: contributos de um dicionário do século XIX

» Lisboa: Capital Iberoamericana da Cultura 2017

» Leitorado de Buenos Aires na Semana das Bibliotecas do IES en LV

» Seminário «“Todo-o-terreno” de Ana Saldanha: sequência didática na aula de PLE»

» Seminário: Eugénio de Castro e as Literaturas Hispânicas

» Seminário: Formas de tratamento e de cortesia em Português europeu: estudo linguístico e aplicação didática

» Leitorado de Buenos Aires no "Buenos Aires celebra Portugal 2016"

» Valter Hugo Mãe e Luís Filipe Sarmento na Residência do Sr. Embaixador

» Receção a S.E. a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Dra. Teresa Ribeiro

» III Jornadas Internacionais de Português na UNER

» Seminário sobre Literatura Infantil em Língua Portuguesa

» Seminário Literatura Portuguesa - Dra. Irma González

» Exposição "Cinema Português"

» Seminario de Literatura Comparada

» Lidel, Edições Técnicas no Leitorado de Buenos Aires

» Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa

» XI Festival Internacional de Poesia de Buenos Aires na 42ª Feira Internacional do Livro de Buenos Aires

» À conversa com Luis Filipe Sarmento

» Entrevista Revista Encarte de outubro 2015

» “O Género epistolar: desafios linguísticos e didáticos”

» À conversa com Gonçalo M. Tavares

» Festival de Fado em Buenos Aires 2da. Edição

» Leitorado do Camões I.P. em BA na IVª Jornada de Educação e Tradução da ENS en LV Sofía E.B. de Spangenberg

» Exposição Escritores Diplomatas

» Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa no CLP

» Encontro de Narração com Ana Sofia Paiva

» Prof. Doutor Dionísio Vila Maior no Jornal de Letras

» Seminário de Literatura “Fernando Pessoa: poeta da plenitude”, com o Professor Doutor Dionísio Vila Maior.

» Poesia Visual com o poeta Fernando Aguiar

Dra Irma González na UNILA, Brasil




A Dra. Irma González na sua última formação docente como Leitora do Camões IP., nas I Jornadas Latino-americanas de Intercompreensão da UNILA Universidade Federal da Integração Latino-Americana, em Foz do Iguaçú, Brasil.






Dra Irma González na Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Brasil




A Leitora do Camões IP em Buenos Aires, Dra Irma González, a finalizar a sua missão no Leitorado de Buenos Aires, esteve presente nas I Jornadas Latinoamericanas de Intercompreensão da UNILA durante os dias 5 e 6 de outubro como convidada de Honra.






Visitas em Corrientes




A Dra Irma González visitou duas instituições de Ensino Secundário em Corrientes.

Nas mencionadas visitas, a Leitora teve oportunidade de conhecer os alunos de PLE, os professores de PLE das instituições e as questões que dizem respeito à divulgação da disciplina Português nos curricula da Província.

Refira-se que todas as iniciativas levadas a cabo por este Leitorado estão disponíveis na página do Ministério da Educação de Corrientes http://www.mec.gob.ar/direcciones/modalidades/deib






Leitorado de Buenos Aires em Corrientes




A convite do Ministério da Educação da Província de Corrientes, no contexto do programa “Educación Intercultural Bilingüe”, a Leitora do Camões IP., Irma González, deslocou-se até à cidade de Corrientes no interior da Argentina para dinamizar duas formações docentes nos dias 28 e 29 de setembro.






Leitorado de BA presente nas Jornadas da UNER 2017









Formação Docente nas Jornadas Internacionais na UNER - Concordia




À semelhança de anos anteriores, o Leitorado de Buenos Aires esteve presente nas Jornadas Internacionais de Ensino da Língua Portuguesa da Universidad de Entre Ríos, em Concordia com duas formações docentes.






Stand de Portugal no Europosgrados




Faculdade de Direito da UBA






Portugal presente no Europosgrados




Portugal teve representação e stand no Europosgrados, iniciativa da Delegação da União Europeia na Argentina.






Jornadas formativas em Córdoba




Formandos do curso "A correção de textos: Como ensinar a rever e reescrever. Uma abordagem pedagógico-didática da escrita em Português, Língua Estrangeira (PLE).”, dia 8 de junho de 2017.






Formações na Universidade Nacional de Córdoba




A convite da Faculdade de Línguas da Universidade Nacional de Córdoba, a Leitora do Camões IP., Dra. Irma González, deslocou-se até à cidade de Córdoba para dinamizar duas formações docentes nos dias 8 e 9 de junho.






Formação docente em Córdoba




Com o apoio do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, a Dra. Irma González, Leitora e Diretora do Centro de Língua Portuguesa de Buenos Aires, irá dinamizar duas formações docentes na Faculdade de Línguas da Universidade de Córdoba nos próximos 8 e 9 de junho de 2017.

Veja agenda e programas em http://www.lenguas.unc.edu.ar/agenda/e/portugues

 

 

 






Jornadas de Educação e Tradução na Escola Normal Superior em Línguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”




Por ocasião das Jornadas de Educação e Tradução da Escola Normal Superior (ENS) en Lenguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”, que decorreu no passado 31 de maio, o Leitorado de Buenos Aires participou do mencionado evento com a dinamização, pela Leitora do Camões, Irma González, da formação docente: “Português europeu: abordagem prática ao estudo das variantes nacionais da língua portuguesa.”

Na perspetiva de consciencializar para a existência de variantes e variedades do português como realidade a preservar e defender, na medida em que se constituem numa mais-valia para a própria língua, em fator essencial da sua própria história, em importante meio de coesão entre povos e como afirmação política e económica num contexto nacional e transnacional, a leitora Irma González concebeu o seguinte programa, destinado a abordar as características do português europeu a nível fonético, morfossintático, semântico-lexical e pragmático em comparação com as do português do Brasil:

  1. Características das línguas com mobilidade

  2. A CPLP

    1. O que é a CPLP

    2. Objetivos de promoção da língua

  3. Variantes nacionais da língua portuguesa

    1. Definição de termos: variante, variedade

  4. Norma padrão e realidades linguísticas

  5. Variantes nacionais do Português

    1. “Brasileiros falam português?” de Maria Helena Mira Mateus

    2. Uma língua ou mais do que uma língua?

  1. Português Europeu (PE) VS Português Brasileiro (PB): níveis de diferença

    1. Características fonéticas do PE

    2. Aspetos comparativos do nível morfológico e sintático-semântico das variantes

    3. As formas de tratamento no PE

    4. Diferenças lexicais e de uso no PE e no PB

  1. Análise de casos: textos para identificar e reescrever






12º Festival Internacional de Poesia de Buenos Aires









Português "low-cost", in Revista LuSofia




Já se encontra disponível o nro. 2 da Revista LuSofia, onde se pode aceder ao ensaio "Português low-cost", da autoria da Dra. Irma González, Leitora do Camões IP. em Buenos Aires e encarregada de Assuntos Culturais da Embaixada de Portugal na Argentina.

Link da revista www.lusofia.com

 






Formação docente em Tucumán




No contexto das celebrações alusivas ao Mês da Lusofonia na Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas (ENS en LV) “Juan  Bautista Alberdi”, tutelada pela Secretaría de Estado de Gestión Educativa, Dirección de Educación Superior y Artística do Ministério da Educação Nacional, situada na Província de Tucumán, a Leitora do Camões IP, Dra. Irma González, dinamizou uma formação teórico-prática, no dia 18 de maio, destinada a professores e alunos do “professorado” de PLE: “Português europeu: abordagem prática ao estudo das variantes nacionais da língua portuguesa.”

Na perspetiva de consciencializar para a existência de variantes e variedades do português como realidade a preservar e defender, na medida em que se constituem numa mais-valia para a própria língua, em fator essencial da sua própria história, em importante meio de coesão entre povos e como afirmação política e económica num contexto nacional e transnacional, a leitora Irma González concebeu um programa destinado a abordar as características do português europeu a nível fonético, morfossintático, semântico-lexical e pragmático em comparação com as do português do Brasil.

Já no dia 19 de maio, a Leitora Irma González dinamizou o seminário de formação docente intitulado “Introdução às Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa”.

Destinado a alunos e professores de PLE, ambas as iniciativas tiveram a participação de mais de 50 pessoas.

No final dos encontros, a leitora assinou e entregou os certificados de participação aos alunos.






Mês da Lusofonia em Tucumán




A 20 de abril do corrente, o Leitorado do Camões IP em Buenos Aires recebeu um convite da Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas (ENS en LV) “Juan  Bautista Alberdi”, tutelada pela Secretaría de Estado de Gestión Educativa, Dirección de Educación Superior y Artística do Ministério da Educação Nacional, situada na Província de Tucumán, para organizar a abertura do Mês da Lusofonia na mencionada escola, no intuito de promover a Língua Portuguesa nos níveis de ensino em que está presente: secundário e superior.

Este leitorado recebeu com o maior entusiasmo o desafio de aprofundar o trabalho de promoção da língua e literatura portuguesas e participou, nos dias 18 e 19 de maio, de todas as atividades aí desenvolvidas.

A ENS en LV “Juan Bautista Alberdi” realizou um “ato de boas-vindas” ao Leitorado logo na manhã de 18 de junho. No mencionado ato, estiveram presentes autoridades do Ministério da Educação provincial e representantes do Governo de Tucumán. A Reitora da Escola leu umas emotivas palavras alusivas à importância da presença do Camões IP e manifestou o desejo de a instituição poder contar com um acompanhamento regular ao nível da formação e atualização dos seus professores. Também a Leitora Irma González dedicou umas palavras de agradecimento no mesmo ato e apresentou a missão à comunidade académica.

Seguidamente, alunos do ensino secundário declamaram poemas de Luís de Camões, musicalizaram poetas portugueses e leram palavras alusivas à importância que, para eles, tem a língua portuguesa e seu estudo.

Destaca-se que, para o ato, professores e alunos de PLE envolveram-se na confeção de bandeiras portuguesas e alfinetes com as bandeiras de Portugal e da Argentina, que distribuíram por todos os presentes, em número que alcançou as 300 pessoas.






A festa da Língua Portuguesa no norte argentino




Na sexta-feira 5 de maio, dia em que se assinala o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade de Países de Língua Portuguesa – CPLP-, alunos do curso “Professorado em Português” da Escola Normal em Línguas Vivas “Juan Bautista Alberdi” da cidade de San Miguel de Tucumán, província de Tucumán, Argentina, levaram a cabo uma iniciativa multidisciplinar de promoção da língua aberta à comunidade, que consistiu numa exposição literária, degustação de pratos da culinária brasileira e portuguesa, música e dança dos países que formam a CPLP.

As atividades tiveram o apoio do leitorado do Camões IP em Buenos Aires para a conceção e execução do programa de eventos e contaram com a presença de autoridades do Ministério da Educação da Província de Tucumán e autoridades da Escola.

As celebrações começaram pelas 8 da manhã e acabaram cerca das 10 da noite e os alunos prometeram uma reedição da efeméride no próximo ano.

 






Dia da Língua Portuguesa assinalado pelo Leitorado de Buenos Aires




Por ocasião do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP, o Leitorado do Camões IP em Buenos Aires dinamizou uma Semana de Atividades entre os dias 2 e 5 de maio.






Palestra Influência espanhola no português do Sul do Brasil: contributos de um dicionário do século XIX




No âmbito de um projeto sobre intercâmbios linguísticos no Atlântico, nesta Palestra apresentam-se os resultados de um estudo sobre o registo lexicográfico de palavras de origem espanhola/hispana no português Rio Grande do Sul. O trabalho centra-se na Collecção dos vocabulos usados na província de S. Pedro do Rio Grande do Sul (1852), obra que reúne os regionalismos daquele território brasileiro. Além de léxico herdado da antiga presença espanhola/hispana nessa região, a Collecção de António Álvares Pereira Coruja fornece muitos dados relevantes não só para o conhecimento do contacto interlinguístico no Sul do Brasil mas também para o estudo do registo lexicográfico da variação no português em geral.

A palestra, apoiada pelo Camões I.P., será dinamizada pela Prof. Doutora Maria Filomena Gonçalves, da Universidade de Évora, Portugal, decorrerá na Sala de Conferências, a 17 de abril, pelas 19 horas e destina-se a estudantes e professores dos cursos Professor e Tradutor em Português.

 






Lisboa: Capital Iberoamericana da Cultura 2017









Leitorado de Buenos Aires na Semana das Bibliotecas do IES en LV




No dia 28 de setembro de 2016, das 14 às 18.30 horas, o Centro de Língua Portuguesa, Camões/Buenos Aires, participou da Semana das Bibliotecas organizada pelo IES en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”.

A iniciativa, coordenada pela Leitora Irma González, em colaboração com as bolseiras Rosa da Silva e Susana Maccarone, consistiu na dinamização de um espaço destinado aos alunos do primeiro ciclo da EB 2/3 da mesma Instituição, com os seguintes objetivos:

  1. Promover o contacto com a língua e literatura portuguesas a um público infantil; alunos do primeiro ciclo da EB 2/3 do IES en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”;

  2. Explorar potencialidades da literatura infantil enquanto perspetiva integradora de inter-relações literárias e culturais, tendo em vista o estudo e a prática de uma língua-cultura num contexto estrangeiro e/ou multicultural do primeiro ciclo da educação básica.






Seminário «“Todo-o-terreno” de Ana Saldanha: sequência didática na aula de PLE»




No contexto das atividades pedagógico-didáticas previstas para 2016, o CLP do CICL em Buenos Aires está a preparar o Seminário intitulado «“Todo-o-terreno” de Ana Saldanha: sequência didática na aula de PLE», dinamizado pela Leitora em Buenos Aires, Dra. Irma González.

O seminário proposto, de três horas de formação, baseia-se na elaboração de uma sequência didática a partir de um conto de uma autora portuguesa, para formandos de PLE (nível I) de A.M.E.T., numa aula de reforço de Língua Portuguesa.

Julga-se pertinente o uso deste tipo textual por se considerar que permite aos formandos uma leitura prazerosa que também os aproxima de aspetos sociológicos de Portugal.

Um dos principais objetivos da elaboração desta sequência didática é o estímulo ao trabalho com o género conto bem como a motivação para a captação das mensagens transmitidas, associando-as com situações quotidianas da vida portuguesa.

A decorrer nas instalações do centro de formação A.M.E.T. nro 23, no dia 2 de novembro pelas 10 horas, o programa a ser levado a cabo consta dos seguintes pontos:

  1. Leitura do conto: questões fonéticas e fonológicas do português europeu;

  2. Análise e interpretação do conto: abordagem ao conteúdo semântico;

  3. Funcionamento da língua: análise da gramática na língua e da língua no discurso;

  4. Resolução de ficha de trabalho: metáfora, comparação; macro-estrutura do conto; principais aspetos da narrativa.

  5. Projeção de imagens da cidade do Porto (mencionadas no conto);

  6. Audição do fado “O homem das castanhas” de Carlo do Carmo;

  7. O Fado em Lisboa e no Porto: realidades;

  8. Proposta de reescrita guiada (recurso a ficha de trabalho);

  9. Correções;

  10. Discussão final.






Seminário: Eugénio de Castro e as Literaturas Hispânicas




No contexto das atividades pedagógico-didáticas previstas para 2016, o CLP do CICL em Buenos Aires está a preparar um Seminário de Literatura intitulado "Eugénio de Castro e as literaturas hispânicas", dinamizado pelo Dr. Miguel Filipe Mochila, doutorando em Literatura Comparada pela Universidade de Évora (Portugal), com um projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, que decorrerá no dia 3 de novembro, pelas 19 horas, no IES en LV “Juan Ramón Fernández”.

O Dr. Miguel Filipe Mochila é também membro do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa, onde integra o grupo DIIA (Diálogos Ibéricos e Ibero-americanos). É Mestre em Literaturas e Poéticas Comparadas pela Universidade de Évora e em Ensino do Português e do Espanhol pela Universidade Nova de Lisboa. Apresentou diversas comunicações em encontros internacionais e ensaios em livros e revistas especializados, os quais abordam as relações literárias entre autores ibéricos e ibero-americanos dos séculos XIX e XX. Colabora como crítico na Revista Suroeste - Revista de Literaturas Ibéricas. Traduziu para português autores como Alejandra Pizarnik, Julio Cortázar, Juan José Saer, Nicanor Parra, Blas de Otero ou Joan Margarit. Como poeta, publicou Tempo da impaciência (Edições Artefacto, Lisboa, 2016).

Eugénio de Castro, poeta habitualmente conhecido como introdutor do Simbolismo na literatura portuguesa, foi bastante difundido no seio das literaturas hispânicas, entre o final do século XIX e o primeiro terço do século XX. Converter-se-ia, dada a pluralidade e transversalidade da sua receção ibérica e ibero-americana, em figura sintética de uma modernidade literária em comum, participando de uma tradição da rutura que o fez ser lido, comentado e apreciado por autores como Rubén Darío ou Leopoldo Lugones, a partir de Buenos Aires, Francisco Villaespesa, Juan Ramón Jiménez, Guillermo Valencia, Miguel de Unamuno, Eugenio d'Ors, Rogelio Buendía, Mauricio Bacarisse ou Gerardo Diego, entre outros.

O Seminário abordará estas relações, com recurso a documentos epistolares, livros dedicados, revistas, autógrafos, livros traduzidos, entre outros, que dão conta das mesmas, e procurará revelar o papel determinante de Eugénio de Castro no mapa dialogante entre as literaturas portuguesa e hispânicas.

Destina-se a professores e estudantes de português, bem como a interessados em literatura e cultura portuguesas, nas suas relações com as literaturas e culturas hispânicas, que dominem ambas as línguas.

A decorrer no CLP do CICL e Buenos Aires, o Seminário terá o seguinte Programa:

1. Eugénio de Castro no contexto da História da Literatura Portuguesa.
2. Receção de Eugénio de Castro nas literaturas hispânicas.
2.1. Do modernismo à Geração de 98 (Rubén Darío, Villaespesa, Juan Ramón Jiménez, Unamuno).
2.2. Das Vanguardas Históricas à Geração de 27.

O Seminário carece de inscrição prévia, pelo que iremos receber a sua inscrição em secretaria@clpcamoes.com.ar






Seminário: Formas de tratamento e de cortesia em Português europeu: estudo linguístico e aplicação didática




A convite do CLP do C.I.C.L em Buenos Aires, a Prof. Doutora Isabel Seara, da Universidade Aberta, dinamizou, para um público de mais de 50 alunos e professores de PLE, um seminário pedagógico-didático subordinado às "Formas de tratamento e de cortesia em Português europeu: estudo linguístico e aplicação didática" no passado 20 de setembro.






Leitorado de Buenos Aires no "Buenos Aires celebra Portugal 2016"




A convite da Associação Portuguesa de González Catán, o Leitorado de BA esteve presente num Stand no evento "Buenos Aires celebra Portugal" para disponibilizar material informativo sobre a Missão do Camões I.P. e informar sobre o CLP em Buenos Aires e as atividades que são desenvolvidas.






Valter Hugo Mãe e Luís Filipe Sarmento na Residência do Sr. Embaixador









Receção a S.E. a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Dra. Teresa Ribeiro









III Jornadas Internacionais de Português na UNER




O Leitorado de Buenos Aires esteve presente, mais uma vez, nas III Jornadas Internacionais de Português na UNER - Universidad de Entre Ríos.

Informações e programa do evento em:

http://www.fcad.uner.edu.ar/destacadas/iii-jornadas-internacionales-de-ensenanza-de-la-lengua-portuguesa






Seminário sobre Literatura Infantil em Língua Portuguesa




Por ocasião das Jornadas de Educação e Tradução da Escola Normal Superior (ENS) en Lenguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”: “Enseñar y traducir: espácios, prácticas y representaciones”, que decorreu no passado 31 de maio, o Leitorado de Buenos Aires participou do mencionado evento com a dinamização, pela Prof. Rosa da Silva, assistente estagiária do CLP/BA, de um Seminário sobre Literatura Infantil em Língua Portuguesa.






Seminário Literatura Portuguesa - Dra. Irma González




Por ocasião das Jornadas de Educação e Tradução da Escola Normal Superior (ENS) en Lenguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”: “Enseñar y traducir: espácios, prácticas y representaciones”, que decorreu no passado 31 de maio, o Leitorado de Buenos Aires participou do mencionado evento com a dinamização, pela Dra. Irma González, Leitora do Camões, I.P. e Diretora do CLP, Camões/BA, de um Seminário sobre a Literatura Portuguesa.






Exposição "Cinema Português"




Por ocasião das Jornadas de Educação e Tradução da Escola Normal Superior (ENS) en Lenguas Vivas “Sofia E.B. de Spangenberg”: “Enseñar y traducir: espácios, prácticas y representaciones”, que decorreu no passado 31 de maio, o Leitorado de Buenos Aires participou do mencionado evento com a dinamização de dois Seminários e a Exposição "Cinema Português".






Seminario de Literatura Comparada




SEMINARIO DE LITERATURA COMPARADA
PORTUGUÉS/FRANCÉS

En el marco de las actividades promovidas por el CLP Camões Buenos Aires, tenemos el agrado de invitarlos a participar del Seminario "Paris: Mário de Sá-Carneiro et lés autres. Para una cartografía de las relaciones culturales y literarias entre Portugal y Francia."

Dictado por el Prof. Doctor José Rui Teixeira (en castellano, con recurso al portugués y al francés):

El orador es Director pedagógico del colegio Luso-francés y Profesor de la Universidad Católica, de Oporto, Portugal, donde dirige la Cátedra Poesía y Trascendencia.
Investigador del Centre de Recherches Interdisciplinaires sur les Mondes Ibériques Contemporains, da Université Paris-Sorbonne y del Centro de Estudios Filosóficos y Humanísticos, de la Universidad Católica de Braga, Portgal. Integra el Instituto Superior de Pensamiento Iberoamericano, de la Universidad Pontificia de Salamanca, España, y la Asociación Latinoamericana de Literatura y Teología, de la Pontificia Universidad Católica Argentina de Buenos Aires.

El Seminario tendrá lugar el día 20 de mayo, sobre las 18 horas, en el CLP Camões Buenos Aires, sito en Av. Carlos Pellegrini 1515, CABA, piso 2., sala 26.






Lidel, Edições Técnicas no Leitorado de Buenos Aires




A assinalar o 5 de maio, o Leitorado de Buenos Aires irá dinamizar a apresentação de "Nota Dez" da Editora Lidel, que contará com a presença da Dra. Valneide Azpiroz, da Universidade Caxias do Sul, Brasil. No CLP/Camões Buenos Aires, 17 horas.

Com o apoio da Lidel, Edições Técnicas, durante o encontro haverá uma mesa de livros e catálogos de Métodos de Ensino de PLE de recente ou iminente publicação, para consulta e exploração.

 






Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa




No contexto das celebrações alusivas ao Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (5 de Maio), assinaladas pelo Leitorado do Camões I.P. em Buenos Aires, entre os dias 2 e 6 de maio decorrerão, no Centro de Língua Portuguesa, diversas iniciativas, que convidamos a partilhar connosco.
A saber:

“Encontro de Narração” com Margarida Junça - Sessão performativa em que a narradora Margarida Junça - convidada da Embaixada de Portugal para participar da ...Feira Internacional do Livro de Buenos Aires” -, irá partilhar contos e cantos tradicionais com alunos e professores de PLE no CLP/Camões Buenos Aires – no dia 2 de maio, no CLP, pelas 19 horas.

Apresentação do romance “Regina e Marcelo: um dueto de amor” pela autora Ana Maria Cabrera. A história de amor que escandalizou a aristocracia de Buenos Aires a inícios do século XX, entre o ex-presidente argentino Marcelo T. de Alvear e a cantora lírica portuguesa Regina Pacini. Com sessão de autógrafos. No 4 de maio, no CLP, pelas 19 horas.

Apresentação do manual Nota 10 - método de ensino de PLE—pela Dra. Valneide Azpiroz, da Universidade de Caxias do Sul, Brasil - no dia 5 de Maio, pelas 17h.

AS ATIVIDADES ACIMA CARECEM DE INSCRIÇÃO PRÉVIA via secretaria@clpcamoes.com.ar

Paralelamente a estas iniciativas, o leitorado terá em exposição, nos corredores do Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”, a mostra “Cinema Português”. Fotografia, cartazes, artigos sobre a “História do Cinema Português”, organizada pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua e produzida pela Cinemateca Portuguesa, que narra a história do cinema português desde os inícios até à atualidade.

Todas as atividades destinam-se a professores e alunos de Português como Língua Estrangeira e ao público lusófilo em geral.






XI Festival Internacional de Poesia de Buenos Aires na 42ª Feira Internacional do Livro de Buenos Aires




O Centro de Língua Portuguesa do Camões I.P. em Buenos Aires e a Embaixada de Portugal em Buenos Aires têm o agrado de vos convidar para participar do XI Festival Internacional de Poesia de Buenos Aires, na 42ª Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, a decorrer entre os dias 21 de Abril e 9 de maio de 2016 no Predio Ferial la Rural, prevendo-se a participação de dois escritores portugueses, nomeadamente:

  • Luis Felipe Sarmento, no dia sábado 23 de Abril das 20 às 21.30 horas na sala Domingo Faustino Sarmiento, Pabellón Blanco.

  • Valter Hugo Mãe, no dia domingo 24 de Abril das 18 às 19.30 horas na sala Domingo Faustino Sarmiento, Pabellón Blanco.






À conversa com Luis Filipe Sarmento




O Centro De Língua Portuguesa Camões BA tem o agrado de informar que o escritor Luis Filipe Sarmento, a convite do Camões I.P e da Embaixada de Portugal em Buenos Aires, estará em Buenos Aires na apresentação de algumas das suas obras em castelhano, e irá fazer-nos uma visita no dia 27 de abril, pelas 19 horas.

A participação carece de inscrição prévia, para: secretaria@clpcamoes.com.ar






Entrevista Revista Encarte de outubro 2015




1 - É natural da Argentina?

Sou natural de Buenos Aires mas desde muito cedo (já com 14 anos) soube que queria falar e escrever português. Tinha um fascínio, irrefletido na altura, pela língua e pela literatura em LP, que conheci sobretudo através de autores brasileiros.

2- O que a motivou a assumir o Leitorado de Português no Instituto de Ensino Superior em Línguas Vivas 'Juan Ramon Fernández'?

A motivação foi sempre, e sobretudo, a minha paixão pela língua portuguesa.

Com 21 anos ganhei o Prémio da Embaixada do Brasil em Buenos Aires pela média dos três anos de Curso de Língua e Cultura do outrora Centro de Estudos Brasileiros. Pouco tempo depois, formei-me como Professora de Português e fui imediatamente viver e continuar os meus estudos em Portugal, como bolseira do Camões I.P.

A essa altura, já sabia não apenas que queria ser portuguesa como também que queria ensinar português. E tinha iniciado um processo de “despaisamento”: tinha decidido falar sem sotaque estrangeiro, estudar numa universidade portuguesa e até escrever um livro sobre a língua portuguesa, o que veio a acontecer mais tarde, com a publicação, pelo Ministério da Educação, da minha Dissertação de Mestrado em Linguística Portuguesa.

Depois do mestrado, fiquei sempre colocada como professora no grupo 350, de Espanhol, e a desmotivação começou a pesar. Percebi que em Portugal iria ser impossível ensinar português dada a situação do mercado de trabalho. Foi então que decidi desafiar os meus limites e concorrer para o lugar de Leitor do Camões I.P., com todos os riscos que isso implicava: podia não obter credibilidade devido às minhas origens.

Concorri, apesar disso, pela primeira vez, em 2010, e obtive a segunda melhor nota a nível nacional no exame de conhecimentos. Fiquei muito motivada com o resultado mas como fui colocada em Caracas, decidi esperar por Buenos Aires, que representava um desafio ainda maior: ser portuguesa na cidade da minha naturalidade.


2 - Quantos estudantes aprendem Português nessa universidade? Quantos professores há?

No IES en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández” há dois cursos superiores, que formam “Professores em Português” e “Tradutores em Português”, ambos de 4 anos, e cursos livres à comunidade (chamados AENS), divididos por 4 níveis.

De acordo com as informações de setembro de 2015, inscreveram-se para o curso de “Professor em Português” 141 alunos e para o de “Tradutor em Português”, 94.

Nos cursos livres, estão atualmente inscritas 94 pessoas: 51 no nível I, 20 no nível II, 11 no nível III e 12 no nível IV.

Há 68 professores no curso de “Professor” e 23 no de “Tradutor”.


3 - Quais os desafios com que se deparou ao assumir o Leitorado?

O maior desafio pessoal foi sempre o da credibilidade. Convencer os argentinos de que eu tinha a mesma legitimidade e competências que qualquer leitor português de origem, não foi fácil. Mas com trabalho consistente e muita personalidade, isso foi possível e hoje o leitorado é muito dinâmico e a participação das pessoas cada vez mais importante.

O maior desafio da missão na Argentina é, a meu ver, avançar com determinação na consciencialização local para uma visão da língua portuguesa como sendo um poderoso laço entre os povos dos vários países que a falam e que a sentem como sua.

Da mesma forma que os linguistas estão divididos entre os que acham que o português de Portugal e o português do Brasil são línguas diferentes e os que acham que constituem variedades bastante distanciadas dentro de uma mesma língua, há um “lobbie” bastante forte neste país que divide os que entendem o contacto com a diversidade como sendo determinante para o enriquecimento linguístico e cultural e os que esgotam a interpretação da língua na simples descrição do seu sistema linguístico.


5 - Descreva projetos/iniciativas que desenvolveu.

O panorama do Leitorado à minha chegada era o de um espaço vocacionado sobretudo para o IES en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”, com um nível de presença da comunidade académica nas iniciativas que teimava em não crescer.

A prioridade foi então alargar o plano de ação geral a outras instituições e aos vários níveis de ensino da Língua Portuguesa na Argentina: básico, secundário, superior e formação para adultos.

Nesse contexto, todas as iniciativas visaram estabelecer contactos de colaboração que permitissem chegar junto de instituições dos vários níveis de ensino cujo número de estudantes fosse significativo, não apenas na cidade de Buenos Aires mas também nas restantes províncias deste país.

Foi assim que se integraram o Instituto Los Ángeles – primeira instituição argentina de Ensino Especial que forma crianças, jovens e adultos com Necessidades Educativas Especiais e confere habilitações ao nível do ensino básico, secundário, técnico-profissional e formação para adultos, que tem o Português como LE 1; O Centro de Formação Profissional nro. 23, da Asociación del Magisterio de Enseñanza Técnica - A.M.E.T.- cuja oferta formativa inclui 3 níveis de PLE no acesso a habilitação escolar e profissional, permitindo potenciar condições de empregabilidade e certificar competências adquiridas ao longo da vida; a Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas “Sofía E. B. de Spangenberg”, instituição homóloga do IES en LV “Juan Ramón Fernández” e com a mesma oferta formativa “Professor e Tradutor em Português”, a UNER – Universidade de Entre Rios, no interior da Argentina, que possui uma “Licenciatura em Português” e mais de 50 alunos a frequentar o curso.

Temos desenvolvido diversas atividades com e nestas instituições, criámos uma página web www.clpcamoes.com.ar para divulgação e apresentação do nosso projeto e estamos a preparar um curso de apoio aos exames do CAPLE – que ministramos anualmente -, com bastante significado para os candidatos que pretendem certificação de conhecimentos e obtenção de nacionalidade portuguesa.


6 - Tem aumentado ou diminuído o número de alunos e o interesse em aprender Português?

O estabelecimento do MERCOSUL ditou o facto de muitos argentinos começarem a optar por aprender português nos anos 90. Mas este fenómeno viu-se travado pela profunda crise económica do país em 2001.

A partir de 2009, porém, com a progressiva recuperação da economia, a importância da Língua Portuguesa foi de tal ordem que o poder político produziu legislação destinada a promover o ensino da LP nas escolas básicas e secundárias.

Foi promulgada, em janeiro de 2009, uma lei que determina que "todas as escolas secundárias do sistema educativo nacional [] deverão incluir de forma obrigatória uma proposta curricular para o ensino da LP como LE" e "no caso das escolas da fronteira com o Brasil, corresponderá a inclusão a partir do nível básico". E inclusivamente “os estudantes que tenham completado a proposta curricular poderão aceder a uma certificação que acredite níveis de competência no uso da LP”.


7 - No seu ponto de vista, que alcance poderá ter futuramente, o ensino do Português a nível universitário, na Argentina?

Penso que à medida que aumentar o nro. de estudantes nos níveis iniciais e secundários irá forçosamente aumentar a procura de cursos virados para o estudo da língua portuguesa. Essa é a minha convicção e daí o alargamento do plano de ação que tenho proposto para este Leitorado.






“O Género epistolar: desafios linguísticos e didáticos”




Tal como foi anunciado, o CLP do Camões I.P. em Buenos Aires tem o agrado de informar que, a 2 de novembro de 2015, pelas 14 horas, a Profª Doutora Isabel Seara, da Universidade Aberta, irá dinamizar a formação pedagógico-didática “O Género epistolar: desafios linguísticos e didáticos”, destinada a alunos e professores de PLE.

Nesta formação, será abordado o género epistolar - estilo muito preterido e até mesmo esquecido-, que, quer nas análises linguísticas, quer nas abordagens em contexto de ensino, configura um manancial de possibilidades pedagógico-didáticas.

A começar por uma recensão teórica das especificidades do género, a Profª Doutora Isabel Seara irá elencar exemplos de correspondências de escritores portugueses de todos os séculos, dos maiores epistológrafos portugueses e propor uma abordagem didática para a sala de aula de Língua Portuguesa.






À conversa com Gonçalo M. Tavares




O Centro de Língua Portuguesa do Camões I.P. em Buenos Aires convida a participar da comunicação “À conversa com Gonçalo M. Tavares”, no dia 22 de Setembro, pelas 19 horas, no Auditório do IES en LV “Juan Ramón Fernández”, na Av Carlos Pellegrini 1515 da Cidade de Buenos Aires.


O escritor português Gonçalo M. Tavares, nascido em Luanda, em 1970, é considerado o melhor da sua geração.
"No panorama actual da literatura portuguesa não há ninguém tão aplicado na construção daq...uilo a que, com muitas suspeitas, chamamos "obra" - mobilizando a ideia de autor, de projecto e de sistema - como Gonçalo M. Tavares", escrevia o crítico literário António Guerreiro no “Expresso”, em 2004.


Quando começou a publicar, Gonçalo M. Tavares foi considerado "a maior revelação literária dos últimos tempos" e não demorou a consagração com diversos prémios literários. Entre outros, em Portugal: Prémio LER/Millennium BCP 2004 e Prémio José Saramago 2005. No estrangeiro: Prémio Portugal Telecom 2007, Prémio Internazionale Trieste 2008 e Prémio do Melhor Livro Estrangeiro 2010 em França.

INSCRIÇÃO PRÉVIA VIA MAIL PARA

secretaria@clpcamoes.com.ar






Festival de Fado em Buenos Aires 2da. Edição









Leitorado do Camões I.P. em BA na IVª Jornada de Educação e Tradução da ENS en LV Sofía E.B. de Spangenberg




No âmbito da IVª Jornada de Educação e Tradução da Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas Sofía E.B. de Spangenberg: "Traductores y docentes de lenguas extranjeras: su formación, saberes, prácticas", a decorrer no dia 30 de junho das 17.30 às 22 horas, o Leitorado de Buenos Aires participará com a dinamização de um Seminário e a inauguração de uma Exposição.

O Seminário “A correção de textos: Como ensinar a rever e reescrever. Uma abordagem pedagógico-didática da escrita em Português, Língua Estrangeira (PLE)”, da responsabilidade da Leitora do Camões I.P. em Buenos Aires, Dra. Irma González, tem como objetivo geral refletir sobre a possibilidade de ensinar a escrita em PLE na perspetiva da construção do conhecimento do aluno pela consciencialização dos desvios.

Ao mesmo tempo, pretende-se dar a conhecer uma abordagem pedagógico-didática da escrita em PLE com o recurso a grelhas de sistematização de erros, na medida em que esta permitirá ao aluno conhecer, detetar e (auto)corrigir as inadequações ao nível do seu discurso escrito.

Ainda no âmbito da IVª Jornada de Educação e Tradução da Escuela Normal Superior en Lenguas Vivas Sofía E.B. de Spangenberg, o Leitorado de Buenos Aires irá inaugurar a Exposição “Escritores Diplomatas”. A mencionada inauguração estará a cargo da Leitora do Camões I.P. em Buenos Aires, Dra. Irma González. Produção de 2014, composta por 21 painéis dedicados a 10 escritores portugueses, iniciando com Eça de Queiroz (séc. XIX) e finalizando com Luís Filipe Castro Mendes, escritor contemporâneo, dar-se-á ênfase ao facto de, em todos os autores, se encontrar subjacente uma visão de abrangência cultural que resulta, explicitamente, das funções e dos contactos com culturas e problemáticas de âmbito internacional. A exposição poderá ser visitada dentro do horário de funcionamento da instituição e estará disponível até 10 de julho.
 






Exposição Escritores Diplomatas




Está disponível para visita a Exposição "Escritores Diplomatas", nos corredores do Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”, inaugurada no contexto das Celebrações alusivas ao Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade de Países de Língua Portuguesa pela Leitora do Camões I.P. em Buenos Aires, Dra. Irma González.

Produzida em 2014, trata-se de uma coleção composta por 21 painéis de uma seleção de 10 escritores portugueses que também foram diplomatas.

Iniciando com Eça de Queiroz (séc. XIX) e finalizando com Luís Filipe Castro Mendes, escritor contemporâneo, em todos os autores encontramos subjacente uma visão de abrangência cultural que resulta, explicitamente, das funções e dos contactos com culturas e problemáticas de âmbito internacional.

A exposição pode ser visitada dentro do horário de funcionamento do Instituto e estará disponível até 23 de maio.






Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa no CLP




No contexto das celebrações alusivas ao Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (5 de Maio), assinaladas pelo Leitorado do Camões I.P. em Buenos Aires, nos dias 7 e 8 de maio decorrerão, no Centro de Língua Portuguesa, respetivamente, um Encontro de Narração Oral, dinamizado por Ana Sofia Paiva, convidada da Embaixada de Portugal em Buenos Aires para a 41º Feria Internacional del Libro de Buenos Aires e o Seminário “Um passeio pelos Jardins de ...Portugal”, dinamizado pelo Arq. Paisagista português João Branco da Costa.

7 de maio, 19 horas
ENCONTRO DE NARRAÇÃO ORAL com Ana Sofia Paiva

Ana Sofia Paiva nasceu em Lisboa em 1981. Formada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, graduou-se em teatro e mais tarde especializou-se em Promoção e Mediação da Leitura na Universidade do Algarve. Paralelamente ao seu trabalho de atriz, dedica-se desde 2007 à narração de contos, dentro e fora de Portugal. É membro do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da Universidade Nova de Lisboa e da cooperativa Memória Imaterial, onde trabalha como investigadora, transcritora e recolectora de folclore poético e narrativo.

8 de maio, 18.30 horas
SEMINÁRIO “Um passeio pelos Jardins de Portugal” pelo Arq. João Branco da Costa
O Seminário centra-se em dar a conhecer os jardins mais surpreendentes de Portugal, conhecer a sua história e reconhecer a sua beleza e paz interior.
Ambas as atividades destinam-se a professores e alunos de Português como Língua Estrangeira e ao público lusófilo em geral.

Inscrições LIMITADAS via email para secretaria@clpcamoes.com.ar






Encontro de Narração com Ana Sofia Paiva




No contexto das celebrações alusivas ao Dia da Língua Portuguesa e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, assinaladas pelo Leitorado do Camões I.P. em Buenos Aires, no dia 4 de maio decorrerá, no Centro de Formação Profissional A.M.E.T. nro. 23, um encontro de narração oral, exclusivo para seus formandos, dinamizado por Ana Sofia Paiva, convidada da Embaixada de Portugal em Buenos Aires para a 41º Feria Internacional del Libro de Buenos Aires.

Ana Sofia Paiva nasceu em Lisboa em 1981. Formada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, graduou-se em teatro e mais tarde especializou-se em Promoção e Mediação da Leitura na Universidade do Algarve. Paralelamente ao seu trabalho de atriz, dedica-se desde 2007 à narração de contos, dentro e fora de Portugal. É membro do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da Universidade Nova de Lisboa e da cooperativa Memória Imaterial, onde trabalha como investigadora, transcritora e recolectora de folclore poético e narrativo.

 

 






Prof. Doutor Dionísio Vila Maior no Jornal de Letras









Seminário de Literatura “Fernando Pessoa: poeta da plenitude”, com o Professor Doutor Dionísio Vila Maior.




O Centro de Língua Portuguesa do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua em Buenos Aires dinamiza, nas instalações do Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas “Juan Ramón Fernández”, no dia 23 de abril às 18.30 horas, o Seminário de Literatura “Fernando Pessoa: poeta da plenitude”, com a presença do orador Professor Doutor Dionísio Vila Maior.

Este seminário destina-se a professores e estudantes de Cursos de Português, no âmbito do ensino-aprendizagem do Português como Língua Estrangeira. O conferencista português é Coordenador do Curso de 3º Ciclo (Doutoramento) em Estudos Portugueses da Universidade Aberta, Presidente (em Portugal) da Comissão Organizadora do Congresso Internacional Luso-Brasileiro 100/Orpheu, Professor Convidado da Universidade de São Paulo (Brasil), Universidade Autónoma de Madrid (Espanha), Universidade Complutese de Madrid (Espanha), Universidade de Marie Curie (Polónia), Universidade Jaguelónica (Polónia) e Universidade de Estudos de Nápoles "L'Orientale" (Itália), Investigador do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias) e Investigador-Investigador membro do Séminaire d'Études Lusophones - Crimic (Université de Paris-Sorbonne Paris IV).

 Os interessados deverão inscrever-se através do email: secretaria@clpcamoes.com.ar






Poesia Visual com o poeta Fernando Aguiar




No contexto das atividades pedagógico-didáticas do Leitorado de Buenos Aires, o poeta português Fernando Aguiar, convidado do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, irá visitar o Instituto Los Ángeles para realizar um ateliê de POESIA VISUAL destinados a alunos de Português com necessidades educativas especiais.